Sejam bem-vindes Pop Swift Brasil! Nosso site não tem nenhum tipo de contato com a Taylor, sua família, amigos ou representantes. Todo conteúdo posto aqui é exclusivo de PSBR! Caso pegue algo, deem os devidos créditos. Site de fã para fã sem fins lucrativos.

post por: Isabela Silva Garcia | 14 de dezembro, 2021
Taylor Swift e seus álbuns de sucesso.

Em 24 de outubro de 2006, era lançado o álbum “Taylor Swift” o seu disco de estreia pela gravadora Big Machine Records. O álbum bateu recorde e conta com a produção de Nathan Chapman, Robert Ellis Orrall e Angelo Petraglia, além composições da própria loirinha.

FOTO: DIVULGAÇÃO 2006.

O álbum tem composições da Taylor Swift, que foram escritas quando ela tinha apenas 12 anos de idade, seu disco o primeiro de sua carreira foi produzido e totalmente gravado enquanto ela  cursava o 1º ano do ensino médio. O disco conta com as canções “Tim McGraw”, “Teardrops on My Guitar” , “Our Song” entre outras, o álbum conta com 11 faixas. Sua estreia fez o disco ficar na 19ª posição da Billboard 200 , vendendo cerca de 40 mil unidades somente nos Estados Unidos, logo depois vendeu mais de de 5 milhões de cópias no país, que foram o suficiente para que o álbum ganhasse o certificado de disco de platina quíntupla da RIAA.

FOTO: ARQUIVO PESSOAL.

No dia 11 de novembro de 2008, a Taylor Swift lançava para o mundo o seu segundo álbum intitulado “Fearless”, campeão de vendas e sucesso de criticas, o disco estreou super bem e vendeu somente nos Estados Unidos cerca de  592 304 cópias, além de ter estreado na primeira posição da Billboard 200 e da tabela de álbuns country e fazendo a maior semana de vendas para uma artista no ano de 2008.

O álbum conta com as músicas “Fearless”, “Love Story”, “The Way I Loved You”, “Forever e Always” o disco conta com 13 faixas.

FOTO DE DIVULGAÇÃO

Dia 25 de outubro de 2010, era lançado o terceiro disco da cantora intitulado “Speak Now”, contando 14 faixas e estreou em alta, elogiada pela critica e muito bem nas vendas em todo o mundo, teve a media de 77 de pontos pela Metacritic além de ficar na primeira posição da parada musical americana Billboard 200 com vendas iniciais de 1.047 milhões de cópias, só em sua primeira semana, obtendo a maior semana de vendas de uma artista feminina da música country. Suas canções são “Mine”, “Speak Now”, “Back to December” e “Mean” entre outras.

FOTO DE DIVLGAÇÃO.

Em 22 de outubro de 2010, a Taylor Swift lançava seu quarto álbum de estúdio intitulado “Red’ pela sua antiga gravadora a Big Machine Records, o disco conta com 16 faixas, que são as canções  “We Are Never Ever Getting Back Together”, “Red”, “I Knew You Were Trouble” e “State of Grace” e entre outros sucessos.

O álbum teve sua estreia muito bem recebida pela critica especializada e em alta comercialmente, em seu primeiro dia de vendas, ficou em primeiro lugar no iTunes Store em muitos países, até no Brasil. Vendeu somente nos Estados Unidos mais de 500 mil unidades, só nas primeiras 24 horas (sendo cerca de 160 mil apenas na Target Store).

FOTO DE DIVULGAÇÃO.

Em 27 de outubro de 2014, chegava ao mundo o quinto álbum de estúdio intitulado “1989”, o disco só foi vendido na forma físico e digital, e não esteve presente nos serviços de streaming por decisão da própria cantora. O álbum contou com 13 faixas, as músicas que estão no disco são:  “Shake It Off”, “Blank Space” ,”Bad Blood”, “Style”, “Wildest Dreams”, “Out of the Woods” e “New Romantics”  entre outras.

FOTO DE DIVULGAÇÃO.

No dia 10 de novembro de 2017, era lançado o sexto álbum o “Reputation” pela gravadora Big Machine. Um disco que até então era subestimado pela critica que não acreditavam, que a loirinha pudesse se reinventar. Só que ela conseguiu, em sua estreia o álbum teve excelentes comentários positivos da critica e teve muitas indicações, venceu como  Melhor Álbum Vocal Pop no Grammy, e recebeu o troféu de Artista Mais Vendida nos Prêmios Billboard de Música de 2018.

O disco foi aclamado por todos e teve até turnê o “Reputation Stadium Tour”, que ocorreu em 2018 e lotou todos os estádios por onde passou. O disco conta com 15 faixas, que contem as canções: “I Did Something Bad”, “Look What You Made Me Do”, “…Ready for It?”, “End Game” e “Delicate” entre outras, o álbum teve as participações de Ed Sheeran e Future.

FOTO DE DIVULGAÇÃO.

Em 23 de agosto de 2019, a Taylor Swift lançava o seu sétimo álbum de estúdio intitulado “Lover”, foi a estreia da loirinha como produtora executiva, ao lado dos produtores Jack Antonoff, Joel Little, Louis Bell, Frank Dukes e Sounwave que fizeram parte do projeto. O disco conta com 18 faixas, as músicas que estão lá são: “Lover”, Cruel Summer”, “Me!”,  “You Need to Calm Down”, “The Man” entre outras. O álbum teve sua estreia incrível e bem avaliada pela critica especializada, Lover teve sua estreia no topo das paradas em diversos países como Austrália, Canadá, Espanha, Irlanda, Reino Unido e Estados Unidos.

FOTO DE DIVULGAÇÃO.

Dia 24 de julho de 2020, estreava o oitavo álbum, intitulado “Folklore”. O disco foi lançado em plena a pandemia, e fez o mundo se encantar ainda mais pela Taylor Swift, o álbum conta com 16 faixas, de canções maravilhosas que são:  “Cardigan”, “The 1” e “Exile” entre otras. O Folklore ganhou o Álbum do Ano no 63º Grammy Awards, fazendo de Swift a primeira artista feminina na história a ganhar o prêmio três veze.

FOTO DE DIVULGAÇÃO.

“Evermore” o nono álbum de estúdio da Taylor Swift, o irmão do “Folklore”. Seu lançamento surpresa, fez as canções ficarem no topo do Spotify e das mais ouvidas em todo o mundo, o sucesso incontestável e bem avaliada pela critica, mostrou que a Taylor pode sim mudar do pop, para indie folkelectro-folkrock qualquer estilo que ela se sai bem, o álbum conta com 15 faixas.

FOTO DE DIVULGAÇÃO.

Em 9 de abril de 2021, era lançado a regravação da Taylor Swift do disco Fearless (Taylor’s Version), tratasse de canções conhecidas e inéditas para o publico, são 26 músicas que mostram a evolução da loirinha. Hoje ele é um dos álbuns mais reproduzidos em todo o mundo e segue em alta nas plataformas digitais!

FOTO DE DIVULGAÇÃO.

No mesmo ano, para ser mais exata dia 12 de novembro de 2021 era lançado a segunda regravação da Taylor Swift o Red (Taylor’s Version) , que contou com centenas de produtos em sua loja oficial, que são bonés, xicara, cachecol, blusas e eu não posso esquecer dos vinil, que é sucesso sempre que a loirinha lança novo álbum. A nova versão conta com 30 canções, e com a versão de 10 minutos da música “All Too Well”.

A Taylor é sem dúvida uma mulher que não para, graças a Deus que ela tem inspiração e segue fazendo oque ama e isso é ótimo. Obrigada anjinho, por existir.

post por: Isabela Silva Garcia | 30 de julho, 2021
Música “Renegade” pode ser indicado ao Grammy, saiba mais.

Cada vez mais, parece que o próximo Grammy Awards pode ser completamente dominado por Taylor Swift. A cantora e compositora tem uma tonelada de sua própria música que é elegível, e ela tem uma boa chance de acumular um número impressionante e possivelmente histórico de chances de ganhar devido às categorias em que suas músicas e composições serão inscritas.

Embora os Grammys de 2022 já parecessem bem para a superestrela, que já ganhou 11 troféus, uma nova música lançada recentemente com seu nome anexado a abriu para consideração em pelo menos um punhado de novas categorias, as quais ela nunca foi nomeado antes.

Apenas algumas semanas atrás, Swift se juntou à dupla de indie rock Big Red Machine para o single “Renegade”. A música alcançou o Top 100 e se tornou um hit no top 10 em vários rankings de rock da Billboard e até mesmo na contagem de vendas de músicas digitais. Embora a banda nunca tenha ido à maior noite da música antes, este pode ser o ano deles para finalmente ganhar indicações (com este nome), e com o querido Grammy Swift agora a bordo, as coisas já estão melhorando para a dupla.

Embora Big Red Machine nunca tenha sido nomeada para o Grammy como entidade, os dois músicos que compõem o ato já são vencedores. Justin Vernon, mais conhecido como a estrela de Bon Iver, ganhou o prêmio de Melhor Novo Artista alguns anos atrás. Aaron Dessner levou para casa o Álbum do Ano apenas alguns meses atrás pela produção de Folklore de Swift, e ele provavelmente estará pronto para a homenagem novamente este ano pelo projeto irmão do mesmo campeão Evermore. Dessner também foi indicado como membro dos favoritos alternativos The National.

Os três talentos poderiam facilmente ganhar uma indicação para “Renegade” em Melhor Canção de Rock e Melhor Performance de Rock. Swift nunca foi incluída nas verticais do rock, mesmo com seu Folklore de tendência folk, então esses acenos seriam a primeira vez para ela.

“Renegade” também está na conversa, pelo menos entre alguns, para Gravação do Ano ou, mais provavelmente, Canção do Ano. Quando Big Red Machine lança seu próximo álbum do segundo ano, por quanto tempo você acha que vai durar? em agosto, que também será um candidato a Álbum do Ano, mas se a banda acabar conseguindo uma vaga em qualquer um desses três campos, será uma verdadeira surpresa.

Se Big Red Machine acabar sendo indicada para Álbum do Ano, Swift receberá mais um aceno de carreira no maior dos grupos, já que ela será creditada como uma artista destacada em duas músicas no set, e as regras do Grammy recentemente atualizadas afirmam que qualquer artista com esse tipo de crédito oficial (bem como compositores e produtores) também pode se considerar como indicado.

No momento, é difícil imaginar Big Red Machine indo para a noite do Grammy de 2022 como principais indicados, e as categorias de rock também estão longe de ser certas para eles. Embora possa ser um tiro longo, há uma história por trás desse lançamento, e sempre que três artistas amados se reúnem, os eleitores prestam atenção.

Matéria da forbes traduzida na integra pela nossa equipe PSBR.

Em recente entrevista para o site Inter Metro Entretenimento, St. Vincent contou alguns fatos curiosos de como conheceu nossa loirinha. Confira a matéria traduzida na íntegra por nossa equipe : São Vicente revelou que Taylor Swift uma vez tentou ensiná-la a cozinhar, mas sua tentativa de recriar a refeição foi tão ruim que seus amigos ainda zombam dela até hoje. A cantora, de 38 anos, abriu no podcast de modos à mesa com Jessie Ware que ela definitivamente pediria comida para os convidados, pois ela tem algumas habilidades questionáveis ​​na cozinha, apesar da ajuda de Taylor. Ela disse: ‘Aqui está uma história; por aí, acho que provavelmente foi a Taylor Swift de 2015, que você talvez conheça, ela me convidou para me ensinar a cozinhar um bife com aspargos e couve-flor. Algo parecido.

Isso é muito gentil da parte dela ter feito isso e não me lembro exatamente por que … Não me lembro se ela percebeu que eu não sabia cozinhar e pensou: “Vou ajudar essa garota”.

‘Eu não tenho certeza de como isso aconteceu, mas ela me trouxe para casa e me ensinou como fazer a coisa.’ St Vincent, cujo nome verdadeiro é Annie Clark, tentou colocar em prática as habilidades que Taylor havia transmitido a ela algum tempo depois, mas não saiu bem como o planejado.

Ela explicou: ‘Então, flashforward, alguns meses depois, estou no meu estúdio Laurel Canyons e fico tipo “quer saber, vou convidar alguns amigos para fazer esta refeição que Taylor me mostrou fazer.” _ E meus amigos ainda zombam de mim por isso, até hoje. Ouvi dizer que eles são basicamente “couve-flor crua e crocante” e “bifes de puck de hóquei”.

E essas são pessoas que são um; eles estão na indústria da hospitalidade, eles sabem cozinhar. Eles sabem comer. Você sabe, só as pessoas sabem como gostar de “venha cá” e há velas acesas e todas as coisas que tornam uma experiência maravilhosa … “Eu não fiz nada disso e fiz uma comida horrível para eles. Eles ainda zombam de mim até hoje. Couve-flor crocante não parece tão bom, para ser justo

St Vincent também revelou que ela cresceu ‘comendo lixo’ porque ela, sua mãe, seu padrasto e duas irmãs mais velhas tinham um orçamento tão apertado. Ela admitiu: ‘Estaríamos comendo apenas ração da era da depressão. Tudo era de uma lata. “Ou eram grandes quantidades de carne de um churrasco e as laterais eram coisas estranhas de latas. Não sei por que, mas sempre comíamos como se estivéssemos com um orçamento absurdo.

Matéria publicada pelo site Metro Entretenimento e traduzida pela nossa equipe, o TSNBR.

post por: Isabela Silva Garcia | 06 de fevereiro, 2021
Taylor Swift é processada, por usar o nome “Evermore” saiba mais.

Segundo a empresa, a cantora violou o registro da marca. No caso o parque de diversões tem o mesmo nome do nono álbum “Evermore” da Taylor Swift. Inclusive visitantes do parque, tem se confundido bastante com os nomes o que de certo modo vem prejudicando.

FOTO: Do Parque de Diversões.

O grande dilema é, a cantora não deveria tem estar sendo processada, já que ela esta ajudando eles de certo modo. Pois as visitações tem aumentando e muito, desde o lançamento do nono álbum. A empresa poderia deixar claro que não tem ligação com a cantora e não processar, querendo ganhar em cima dela.

Nossa equipe entrou em contato com parque e até o fechamento desta matéria não obtivemos a resposta!

post por: Isabela Silva Garcia | 02 de novembro, 2020
Taylor Swift agora pode regravar seus grandes sucessos.

E a cantora Taylor Swift finalmente está livre do contrato com sua antiga gravadora Big Machine Records, do Scooter Braun e Scott Brocheta. Ela agora poderá regravar seus álbuns antigos, mais não está autorizada a fazer iss com o seu “reputation”.

“Estou muito animada em relação a isso, porque acredito que o artista merece ser dono do seu trabalho.” – Taylor Swift em relação a regravar seus álbuns.

Podemos ver novos arranjos e algumas mudanças em suas antigas gravações. Ela está super animada em regravar….

post por: Isabela Silva Garcia | 27 de outubro, 2020
Taylor Swift é indica em três categorias no “AMAs 2020”.

Taylor Swift foi indicada em três categorias no American Music Awards 2020, são elas:

  • Artist Of The Year,
  • Favotire Female Artist Pop/Rock,
  • Favorite Music Video “Cardigan”,
  • “Best Pop/Rock Album”/ Álbum Folklore.

A votação já começou e você pode votar pelo site: www.theamas.com/vote/ ou pelo twitter.

Ano passa a Taylor venceu nas categorias:

  • Artista do Ano
  • Álbum de Pop/ Rock Favorito
  • Artista Feminina de Pop/Rock Favorita
  • American Music Artist of the Decade Award
  • Artista Adulto Contemporâneo

Vale lembrar que este ano a Taylor Swift terá finalmente os direitos dos seus seis álbuns, que estão sob controle da sua antiga gravadora, ele deverá regravar todos os álbuns e podemos ter novos arranjos!

Matéria de: Isabela Garcia (Redatora do TSNBR)

post por: Isabela Silva Garcia | 11 de outubro, 2020
Música “The 1” é o segundo single do álbum “folklore”.

E o segundo single escolhido do álbum “Folklore” foi a música “The 1”, segundo a Universal Music Alemanha ela deve ser divulga em todas as rádios do mundo!

Foto de divulgação do oitavo álbum.

O oitavo álbum da loirinha vem superando todas as expectativas, uma das músicas do álbum intitulado “epiphany” chega a incrível marca de 40 milhões de streams só no spotify. Já nos Estados Unidos “folklore” se tornou o mais vendido dos Estados Unidos, totalizando cerca de 960 Mil cópias puras!

O álbum já superou o “Lover” em todos os quesitos.

error: Content is protected !!